Por que devo criar um programa de engajamento de funcionários?


Programa de engajamento: por que sua empresa deveria ter um

O crescimento e sucesso de uma empresa estão diretamente ligados ao engajamento de seus funcionários. Mesmo que a maioria dos gestores e empresários saiba disso, ainda há muitos funcionários desmotivados que não estão produzindo bem. A preocupação com questões como clima organizacional, capacitação e valorização dos profissionais só começaram a surgir nas empresas a partir do século 21. Estas preocupações têm como objetivo agregar pessoas que estejam comprometidas com a empresa e que se sintam satisfeitas e felizes com o seu trabalho. É por isso que toda empresa deve ter um programa de engajamento e colocá-lo em prática. A seguir veja cinco motivos para fazê-lo.

Além de melhorar os processos da empresa, programas de engajamento trazem também bons resultados financeiros.

Além de melhorar os processos da empresa, programas de engajamento trazem também bons resultados financeiros.

Funcionários mais produtivos

Quando o funcionário está engajado ele se conecta com a empresa. Ele passa a compreender qual é o seu papel dentro de toda a engrenagem que faz tudo girar. Se o funcionário estiver empenhado, tiver reconhecimento, feliz com o seu trabalho e obtendo bons resultados, ele irá se dedicar ainda mais para alcançar novos objetivos. Isso é muito benéfico para a empresa, que passa a observar as melhoras também nos seus números. A empresa de análise de dados no ambiente de trabalho Gallup constatou que o desempenho de funcionários engajados é 21% maior do que o dos demais.

Retenção de funcionários

O turnover (rotatividade de funcionários) é um dos fatores que mais geram gastos para uma empresa. E a melhor solução para este problema está no engajamento. Segundo o estudo do Hay Group, 87% dos colaboradores que estão engajados têm chances de continuar trabalhando na mesma empresa. Este resultado mostra que o salário não é o único motivo que retém o funcionário na organização (apenas 12% deles apontam esse como um motivo para deixar seu trabalho).

O profissional moderno quer reconhecimento pelos resultados que alcança e quer ver sentido no que faz. Sendo assim, podemos observar mais uma boa razão para a criação de um programa de engajamento.

Os funcionários engajados criam um vínculo forte com a empresa. Dessa forma, sua preocupação não se limita ao espaço de sua mesa. Ele cria visão e iniciativa para o trabalho.

Empresa com boa reputação

A reputação da empresa perante seus funcionários é muito importante. Tudo o que estes profissionais falam sobre a organização a afeta de alguma forma e, se forem coisas ruins, obviamente a reputação será ruim. Aqueles profissionais que estão engajados não terão motivos para criticar a empresa ou os gestores.

A má avaliação dos funcionários afeta não só quem pode trabalhar na sua empresa futuramente, mas também os clientes. O público leva em conta a reputação da organização frente aos seus colaboradores, pois eles vão executar grande parte do trabalho e pessoas insatisfeitas podem acabar entregando um serviço incompleto ou mal feito.

Toda empresa deve ter um programa de engajamento e colocá-lo em prática

Toda empresa deve ter um programa de engajamento e colocá-lo em prática

Clientes satisfeitos

Como acabamos de falar, funcionários que não estão engajados com a empresa podem acabar entregando um serviço de má qualidade. Isso pode afetar o cliente, que acaba sendo mal atendido ou fica insatisfeito com o que lhe é oferecido.

Por outro lado, profissionais motivados buscam entender e agradar o cliente. Isso leva a melhores resultados de produção e atendimento.

Mais lucros

Profissionais produzindo mais e clientela satisfeita levam ao resultado que toda empresa espera: aumento dos lucros. Onde há engajamento há alcance de metas, espaço para conquistar novos desafios e confiança entre as equipes.

Vários estudos feitos em empresas apontam que aquelas que possuem práticas que levam em conta o desenvolvimento humano conseguem aumentar a motivação da força de trabalho. Além de melhorar os processos da empresa, estes resultados trazem também bons resultados financeiros. Uma pesquisa realizada pelo Sebrae e pela FNQ mostrou que a gestão de pessoas é a preocupação dos pesquisados (empresários e microempresas). Dentro deste público, 73% informou que premia seus colaboradores pelas contribuições que trazem inovações. Já os que investem na capacitação somam 72%. Agora que esclarecemos estes pontos e as razões pelas quais é um ótimo investimento fazer um programa de engajamento na sua empresa, não podemos deixar de dar algumas dicas de como aplicar as ideias no dia a dia.

7 dicas para iniciar um programa de engajamento

  1. Quais são as habilidades e conhecimentos dos seus colaboradores? Sabendo um pouco mais sobre isso, é hora de investir neles. A eficiência em equipe é garantida pelo entendimento de suas competências.
  2. Dê feedbacks constantemente aos profissionais para que eles saibam onde estão errando e quais tem sido seus acertos. Aproveite estes resultados para implementar melhorias e sistematize os processos de avaliação.
  3. Planos de carreira e programas de capacitação desenvolvidos com base nas metas da empresa podem ser ótimos aliados para melhorar sua equipe.
  4. Use pesquisas para identificar o clima organizacional. Estas pesquisas devem apontar fatores como satisfação, motivação e bem-estar dos funcionários. Estas pesquisas irão te ajudar a montar um programa focado no que seu quadro de colaboradores precisa.
  5. Deixe bem claro quais são as funções e responsabilidades dos funcionários. Apontar a participação de cada um deles ajuda a promover a sinergia.
  6. Além do reconhecimento e incentivo, utilize o aumento da remuneração como um dos propulsores para motivar os profissionais. Aumentos de salário junto com os planos de carreira servem para mostrar que a organização está interessada no desenvolvimento de seus funcionários. Isto os estimula a oferecer suas contribuições de maneira mais significativa.
  7. Incentive seus colaboradores a terem autonomia para aumentar sua motivação. Isso irá ajudar o profissional a cumprir as metas e trazer bons resultados.
  8. Ofereça oportunidades para que os integrantes de sua equipe se desenvolvam e tragam novos integrantes para exercer funções que antes competiam aos primeiros funcionários.
  9. Estabeleça uma relação de confiança entre os líderes e o restante do grupo. Ofereça canais para a comunicação entre a empresa e os colaboradores.

Faça você mesmo

Levando em conta todas as informações que compartilhamos com você neste post, esperamos que a sua motivação para começar um programa de engajamento para os profissionais da sua empresa tenham aumentado. Não se esqueça de aliar a esse programa as técnicas de comunicação interna sobre as quais já falamos em outros posts e conte com nossa expertise para melhorar o clima na sua organização.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *